Agulha & Seringa

Um sorriso pode mudar uma pessoa em vários aspectos. Uma pessoa pode mudar a forma de vida de si mesma. Uma criança e um sorriso são dois complementos que se podem transformar num só: a Paz. Se um sorriso tem a capacidade de mudar totalmente uma pessoa e uma criança pode transformar a sua vida, porque é que não deixamos todas as crianças sorrir para termos um mundo melhor?

domingo, junho 05, 2005

Um olhar mais além...

A pediatria, nos dias que correm, surge como uma especialidade em constante evolução e desenvolvimento. Comparando com alguns anos atrás, denota-se uma enorme diferença a nível dos cuidados prestados, proximidade com a criança e, especialmente, a nível da proximidade e relação que se estabelece com a família da criança! Enquanto que alguns anos atrás os pais eram impossibilitados de ficar com a criança 24 horas por dia, hoje, na maioria dos serviços de pediatria, o pai ou mãe ou até outro familiar da criança pode ficar com esta nas 24 horas. Penso que, a nível pediátrico (e tendo em conta a fragilidade da criança), este foi um dos passos mais importantes para a evolução do internamento em pediatria relativamente aos outros internamentos de adultos. A criança acaba por se sentir mais acompanhada e vivenciar todo o processo de internamento de forma mais serena.
Trabalhar em pediatria, para mim, é um previlégio! Há uns dias atrás, tive o prazer de conhecer um "pikeno" de 8 anos que me tocou especialmente. Tinhamos vários assuntos em comum (especialmente filmes) o que nos fez estabelecer uma relação engraçada. O que é certo, é que no momento que lhe disse que ia ter alta e podia ir para casa ele olhou-me e disse: mas eu não quero ir para casa, quero cá ficar mais uns dias". Os meus ouvidos pareciam não acreditar no que estavam a ouvir! E ele, olhando-me atentamente reforçou: Eu gosto de estar cá, isto é muito fixe!". E esta! pensei eu... enquanto os livro falam e falam do transtorno psicológico de um internamento hospitalar para uma criança, jamais li alguma coisa sobre o "querer ficar mais dias internado"... acho que os autores têm esquecido este assunto!
Parece incrível, mas estas situações acontecem... e posso confessar-vos que senti uma enorme gratificação, porque conseguimos (toda a equipa) tornar este internamento especial e diminuir a ansiedade e qualquer tipo de transtornos que a ele podia estar associado...
Obrigada "pikeno", foste especial....

9 Comments:

Enviar um comentário

<< Home

 
eXTReMe Tracker